Publicado em coisas, pensamentos

Manias de Ana..nias.

Uma ligação pra saber como foi meu dia; uma visita surpresa; uma mensagem no celular dizendo que se lembrou de mim; “adivinhar” alguma coisa que para mim é importante e deixar a dúvida de como descobriu; dar aquele abraço demorado e bem apertado; bagunçar meu cabelo e depois de ver minha cara de infelicidade retribuir com um beijo; fazer cócegas e dar gargalhada das coisas mais banais; e quando chegar o momento que eu não souber mais o que fazer, simplesmente me abraçar e orar por mim.

E tudo se resume ao inesperado, que deixa de ser tão inesperado depois de tudo isso. Mesmo assim continuam inesperados porque não espero que ninguém os faça. Raros são os que se importam com gestos simples, carinho e sinceridade.

Eu e minha mania de imaginar momentos perfeitos que gostaria que acontecessem.

 

 

Anúncios

Autor:

Escrever é enfiar o dedo na garganta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s